Curta nossa pagina no Facebook e participe dos nossos grupos de Whatsapp/ É finalmente neste final de semana o grande e esperado Luau dos Laranjas na praia de Camapum, não perca! / nosso site está passando por atualizações durante esse final de mês de novembro.
Destaques
SEJA NOSSO APOIADOR, CONTRIBUA COM O NOSSO TRABALHO.
recent

Confederação Nacional dos Municípios dá apoio à PEC dos Precatórios

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) declarou apoio à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 23/2021, a PEC dos Precatórios. Em nota, a instituição afirma que a dívida previdenciária dos municípios supera R$ 126,5 bilhões. O projeto permitiria o parcelamento desse montante, “com redução de R$ 36,3 bilhões de juros e multas, além de outros abatimentos, para o regime geral”, explica a CNM.


“Um novo parcelamento especial das dívidas previdenciárias é essencial para amenizar a situação fiscal dos entes locais, que estão sufocados pela cobrança desses valores”, argumenta a instituição. “A CNM alerta que as dívidas previdenciárias são responsáveis por constantes retenções no FPM, principal receita de 80% dos municípios. Considerando-se os repasses relativos ao primeiro semestre de 2021, 1.405 municípios tiveram ao menos um decêndio do fundo zerado ou mais de 70% retidos.”

Segundo a CNM, 4.387 municípios têm dívidas com o Regime Geral de Previdência Social (RGPS), que somam R$ 104 bilhões. Já nos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS), o valor chega a R$ 22,5 bilhões.

“Para se ter ideia da dimensão da proposta, se comparado ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM), essa redução representa, em média, quatro meses de repasses aos 5.568 municípios brasileiros. Assim, quando consolidado integralmente nesse parcelamento especial, o total da dívida no regime geral com a Receita Federal reduzirá bilhões”, explica a nota, assinada pelo presidente da CNM, Paulo Ziulkoski.

Metrópoles

Twitter: @Leitura_M

Twitter: @Leitura_M


Tecnologia do Blogger.