Destaques
SEJA NOSSO APOIADOR, CONTRIBUA COM O NOSSO TRABALHO.
recent

Bancos e ‘fintechs’ aderem ao parcelamento do Pix

Os pagamentos instantâneos feitos por meio do Pix poderão ser feitos de maneira parcelada. A nova funcionalidade foi liberada pelo Banco Central (BC) e é bastante semelhante à proposta do cartão de crédito.


A liberação já foi feita por alguns bancos e fintechs. A ferramenta tem sido alvo de elogios por especialistas por acreditar que esta é uma maneira de facilitar as opções de parcelamento de compras reduzindo, automaticamente, a dependência do consumidor quanto ao uso do cartão de crédito.

Um dos pontos positivos seria o parcelamento do valor total da transação em até 12 ou 24 vezes sem juros. As primeiras investidas quanto ao parcelamento de compras com o Pix foram iniciadas pelo Mercado Pago, fintech provedora do Mercado Livre especializada em pagamentos online. O Banco Santader também já aderiu à iniciativa.

Outra vantagem são as taxas de juros reduzidas e bastante competitivas às do cartão de crédito. No Mercado Pago é cobrada a taxa de 2,5% ao mês, e no Santander a cobrança é a partir de 2,9%.


Twitter: @Leitura_M

Twitter: @Leitura_M

Tecnologia do Blogger.