Pensou em lavar seu carro ou moto? passe na Lava Jato Off Games e cuide bem da estética do seu veículo, estamos localizados na rua Major Emídio Avelino, n°82 - Porto São Pedro/ Curta nossa pagina no facebook @LeituraMacauense/ Ouça nossa programação na Rádio Ativa Mais HD (MS) clique no play e aproveite o melhor do entretenimento em 24h de programação/ acompanhe nossas notícias em tempo real no Telegram.
Destaques
SEJA NOSSO APOIADOR, CONTRIBUA COM O NOSSO TRABALHO.
recent

João Câmara endurece restrições após 5 mortes por covid-19 em 4 dias

A cidade de João Câmara, na região do Mato Grande, anunciou que vai publicar, nesta quinta-feira (18), um decreto com medidas mais rígidas para combater a covid-19. Segundo a Secretaria de Saúde, o município teve 5 mortes em 4 dias, chegando a um total 25 óbitos pelo novo coronavírus confirmados desde o começo da pandemia. O decreto vale partir da sexta-feira (19), por 15 dias.


A secretaria municipal de saúde informou que nos últimos dias a quantidade de atendimentos diários no Ponto de Apoio a Covid quadruplicou, saindo de uma média de 20 para aproximdamante 80 ao dia. No local, são recebidos pacientes com sintomas iniciais e também são realizados testes. O funcionamento, que era de 12 horas por dia, passará a ser 24 horas.

Devido a esse aumento no número de óbitos e da procura por atendimento, a prefeitura resolveu publicar o decreto. “É um decreto com várias medidas diante da situação do aumento imenso de casos no município. A prefeitura, junto com o gabinete de crise foi obrigada a adotar essas medidas pra tentar diminuir a taxa de transmissibilidade”, afirmou o secretário de saúde, Bruno Augusto.


Entre as medidas estão o fechamento das escolas particulares que estão realizando aulas presenciais; fechamento de bares; proibição da venda de bebidas alcoólicas para consumo nos estabelecimentos e cancelamento de eventos públicos e privados que possam causar aglomerações. A população estimada do município é de 35.160 habitantes.

O decreto prevê ainda que praças públicas fiquem interditadas e com luzes apagadas. De acordo com o secretário, haverá fiscais nesses pontos. Campos de futebol, quadras esportivas, arenas e academias também devem ser fechadas por 15 dias.

Ainda segundo Bruno Augusto, os restaurantes poderão funcionar, porém com horário reduzido somente para refeições. Das 6h às 9h para café da manhã; de 11h às 14h para o almoço e das 17h às 20h para jantar. Também haverá limite de pessoas, respeitando o distanciamento e de acordo com os protocolos, como uso de máscara e álcool em gel.

No comércio, a fiscalização será intensificada. A Secretaria de Saúde informou que fiscalizações terá início nesta sexta-feira (19). Em caso de descumprimento, o estabelecimento poderá receber multa e, em caso de reincidência, ter o alvará de funcionamento caçado.

A Paróquia da cidade também determinou o cancelamento das missas presenciais e a suspensão reuniões e celebrações por 15 dias.

Segundo o secretário de Saúde, ao fim desse prazo, a prefeitura e o comitê deverão novas medidas. “Dependendo do que vai acontecer nesses 15 dias em relação aos casos, a transmissibilidade, vamos tomar decisões. Se continuar ou aumentar, mais medidas duras serão tomadas”.

Conforme o último boletim da Secretaria Municipal de Saúde, João Câmara tem 1.137 casos confirmados e 25 óbitos por covid-19.

O Hospital Regional de João Câmara informou que a unidade estava lotada na manhã desta quinta-feira (18). Havia 4 pacientes em leitos críticos, 3 intubados, 3 em um anexo e 10 nas enfermarias - todos com covid-19. Somente hoje, mais 4 pacientes deram entrada com suspeita para a doença e em estado grave.


Twitter: @Leitura_M

Twitter: @Leitura_M

Tecnologia do Blogger.