Pensou em lavar seu carro ou moto? passe na Lava Jato Off Games e cuide bem da estética do seu veículo, estamos localizados na rua Major Emídio Avelino, n°82 - Porto São Pedro/ Curta nossa pagina no facebook @LeituraMacauense/ Ouça nossa programação na Rádio Ativa Mais HD (MS) clique no play e aproveite o melhor do entretenimento em 24h de programação/ acompanhe nossas notícias em tempo real no Telegram.
Destaques
SEJA NOSSO APOIADOR, CONTRIBUA COM O NOSSO TRABALHO.
recent

RN teve 68 casos e 3 mortes de Leishmaniose Visceral, revela Sesap em boletim epidemiológico

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap-RN) publicou, nesta semana, o Boletim Epidemiológico das Endemias registradas no Rio Grande do Norte no período de janeiro a novembro de 2020.


As doenças endêmicas são aquelas que se manifestam em determinadas regiões e não se proliferam para outros locais, como no caso de uma epidemia. O boletim aponta informações sobre a doença de Chagas, Leishmaniose (Visceral e Tegumentar), Malária, Leptospirose e Tracoma.

Doença de Chagas

Foram registrados 15 casos da doença, sendo quatro casos no município de Alexandria; três casos em Pau dos Ferros; dois casos em Serrinha e Natal e nos municípios de Umarizal, Patu, Parelhas e Pilões que registraram um caso cada.

Leishmaniose Visceral

Foram notificados 91 casos suspeitos de leishmaniose visceral humana (LVH), dos quais 65 foram confirmados, atingindo 28 municípios das 8 Regiões de Saúde do Estado. O município de Natal foi o que registrou o maior número de casos, chegando a 13. Foram registrados três óbitos, um em Açu e dois em Mossoró, o que corresponde a uma taxa de letalidade de 4,62% no estado.

Leishmaniose Tegumentar 

O Boletim registra que foram notificados dois casos de leishmaniose tegumentar no estado, em Natal (0,11 por 100 mil habitantes) e Baraúna (3,52 por 100 mil habitantes), sendo uma taxa de incidência de 0,06 casos por 100 mil habitantes. Não houve registro de óbitos relacionados à doença.

Malária

Segundo o Boletim, foram registrados dois casos da doença com óbitos no município de Natal. Os casos foram notificados no primeiro semestre, mas a subnotificação ocorreu no semestre seguinte, devido a pandemia.

Leptospirose

De janeiro a outubro, foram registrados seis casos da doença nos municípios de Baraúna, Caicó, Natal, Nova Cruz, Santana do Matos e Viçosa.

Tracoma

De acordo com as informações do SINAN NET, foram registrados 16 casos, sendo seis em Água Nova, quatro em Pilões e seis em Riacho de Santana, todos notificados no mês de março de 2020.
Twitter: @Leitura_M

Twitter: @Leitura_M

Tecnologia do Blogger.