Visite a nossa pagina no facebook e confira videos e fotos dos principais momentos da cidade/ TSE quer rebater notícias falsas via redes sociais durante eleições/ MP volta atrás e reconhece que Zé tem condições de disputar as eleições de Macau/ Decreto federal autoriza uso das Forças Armadas nas eleições de 2020
Destaques
SEJA NOSSO APOIADOR, CONTRIBUA COM O NOSSO TRABALHO.
recent

ALERTA: Ministério orienta a população sobre sementes que estão chegando pelos correios; confira

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento informa que, até o momento, foram confirmados 199 pacotes de sementes não solicitadas em 23 estados e no Distrito Federal. 


Todos os pacotes foram originários de países asiáticos, como China, Malásia e Hong Kong. A orientação do Ministério é que as pessoas não abram pacotes de sementes não solicitados recebidos pelos Correios. 

Até o momento, não é possível apontar os riscos envolvidos. Desta forma, o pacote não deve ser descartado no lixo, a fim de evitar o contato das sementes com solo brasileiro e sua germinação. As sementes também não devem ser plantadas, pois ainda não são conclusivos os estudos sobre os riscos.

O material está sendo enviado para o Laboratório Federal de Defesa Agropecuária de Goiânia, referência no assunto, onde serão realizadas análises para verificar eventuais riscos à saúde humana, à produção agrícola brasileira ou ao meio ambiente. Quem receber os pacotes deve entrar em contato com a Superintendência Federal de Agricultura de seu estado ou o órgão estadual de defesa agropecuária para providenciar a entrega ou recolhimento do material.

O alerta vale para recebimento de sementes que cheguem do exterior de qualquer país e não somente da China, como vem sendo divulgado. A importação de vegetais sem autorização pode introduzir pragas ou doenças que não existem ou estão erradicadas no Brasil, além de causar prejuízos econômicos. 

Para evitar o risco fitossanitário, o Ministério da Agricultura, Pecuária é Abastecimento atua no controle do e-commerce internacional com equipe dedicada a fiscalizar e impedir a entrada de material sem importação autorizada no país. Não é possível ainda afirmar se essa ação está relacionada a alguma estratégia de marketing de vendas por e-commerce.


COMPARTILHE:
Twitter: @Leitura_M

Twitter: @Leitura_M

Tecnologia do Blogger.