TSE libera ferramenta para consulta de candidaturas/ Serasa oferece até 50% de desconto em renegociação de dívidas/ STF declara inconstitucional a impressão do voto pela urna eletrônica/ Eleitor sem máscara não poderá acessar o local de votação diz TSE/ Anuncie em nosso site e aumente suas vendas, chama no chat e veja como solicitar
Destaques
SEJA NOSSO APOIADOR, CONTRIBUA COM O NOSSO TRABALHO.
recent

Governo Federal divulga calendários dos novos pagamentos do auxílio emergencial

O Ministério da Cidadania decidiu dividir o calendário de pagamento de novas parcelas do auxílio emergencial em ciclos, de acordo com o mês em que o trabalhador recebeu o crédito da primeira parcela ou o período de inscrição. A mudança foi feita por meio da Portaria 441, publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (dia 17). As datas de pagamento da quarta e da quinta parcela foram incluídas no cronograma.


Na portaria, no entanto, o ministério não menciona a divisão das parcelas dentro do mesmo mês, em duas cotas, como havia sido anunciado. O governo desistiu do fracionamento. O pagamento de cada parcela, portanto, será integral: R$ 600 (para a maioria dos trabalhadores) ou R$ 1.200 (para as mães chefes de família).

O novo calendário é válido para trabalhadores informais, autônomos, microempreendedores individuais (MEIs), desempregados sem seguro-desempregos e inscritos no Cadastro Único, do Ministério da Cidadania, sem direito a Bolsa Família.

Essas pessoas se inscreveram pelo aplicativo Caixa / Auxílio Emergencial ou pelo site caixa.gov.br. O dinheiro será depositado em contas poupanças sociais digitais abertas pela Caixa Econômica Federal.

Datas diferentes de crédito e retirada

Num primeiro momento, o dinheiro estará disponível apenas para a quitação de contas e o pagamento de compras via cartão de débito virtual ou QR Code (aproximando o celular da maquininha do estabelecimento comercial). Toda a movimentação continuará sendo feita pelo aplicativo Caixa Tem (disponível para aparelhos com sistemas Android e iOS).

Somente depois a quantia será liberada para saque ou transferência bancária, de acordo com o mês de nascimento. Veja os cronogramas abaixo, divididos em ciclos.

Vale destacar que, nas datas indicadas no calendário de saque em dinheiro, o eventual saldo existente na poupança social digital será transferido automaticamente para a conta que o beneficiário tiver indicado por meio da plataforma digital.

CONFIRA AS NOVAS DATAS

Primeiro ciclo
O público beneficiário do auxílio emergencial que tenha recebido a primeira parcela em abril de 2020, receberá o crédito da quarta parcela em poupança social digital aberta em seu nome, de 22 de julho a 26 de agosto, conforme o mês de nascimento. O saque em dinheiro será entre os dias 25 de julho e 17 de setembro.

Os beneficiários que tenham recebido a primeira parcela em maio de 2020 receberão o crédito da terceira parcela em poupança social digital seguindo o mesmo cronograma acima.

Esse cronograma também será válido para os beneficiários que receberam a primeira parcela em junho de 2020 ou até 4 de julho de 2020. Nesse caso, será feito o crédito da segunda parcela.

E quem ainda não recebeu a primeira parcela, também receberá o crédito conforme esse cronograma. Esse é o caso dos beneficiários que tenham se cadastrado no programa entre os dias 17 de junho a 02 de julho de 2020.


Segundo Ciclo

Os beneficiários que receberam a primeira parcela em abril, terá o crédito da quinta parcela de acordo com o calendário abaixo. Os saques serão entre 19 de setembro e 27 de outubro. Também seguem esse cronograma: beneficiários que receberam a primeira parcela em maio de 2020, receberão o crédito da quarta parcela nessas datas; beneficiários que receberam a primeira parcela em junho, recebem a terceira parcela; beneficiários que receberam a primeira parcela em julho, receberão o crédito da segunda parcela.


Terceiro Ciclo

Os beneficiários que tenham recebido a primeira parcela em maio de 2020 receberão o crédito da quinta parcela. O saque em dinheiro será entre os dias 29 de outubro e 19 de novembro. O calendário será válido para: beneficiário que recebeu a primeira parcela em junho e receberá a quarta parcela; beneficiário que tenha recebido a primeira parcela em julho de 2020 e receberá o crédito da terceira parcela.


Quarto ciclo

O público beneficiário do auxílio emergencial que tenha recebido a primeira parcela em junho de 2020 receberá o crédito da quinta parcela em poupança social digital. O saque será entre os dias 26 de novembro e 15 de dezembro. O calendário também é válido para os beneficiários que receberam a primeira parcela em julho de 2020. Eles receberão o crédito da quarta e quinta parcelas.


COMPARTILHE:
Twitter: @Leitura_M

Twitter: @Leitura_M

Tecnologia do Blogger.