Feliz Natal e boas festas/ Acesse nossa web rádio em parceria com a Ativa Mais HD (MS), clique no play abaixo e aproveite o melhor da nossa programação/ Visite a nossa pagina no facebook e confira videos e fotos dos principais momentos da cidade
Destaques
SEJA NOSSO APOIADOR, CONTRIBUA COM O NOSSO TRABALHO.
recent

ECONOMIA: Governo prevê retomada da economia somente dia 17 de junho

O Governo do RN publicou nesta quinta-feira (04), em um novo decreto que amplia o isolamento social para combate à Covid-19, um cronograma para retomada gradual das atividades econômicas no Rio Grande do Norte. O documento prevê que a retomada será executada a partir do dia 17 de junho em quatro fases. 


Segundo o decreto, serão inicialmente liberadas as atividades que tenham maior capacidade de controle de protocolos, que gerem pouca aglomeração e que se encontram economicamente em situação mais crítica. A liberação do funcionamento de lojas, estabelecimentos comerciais e espaços de prestação de serviços está condicionada ao cumprimento de protocolos específicos segurança sanitária. 

Os responsáveis pelos estabelecimentos cujo funcionamento seja liberado deverão orientar e cobrar de seus clientes e colaboradores o cumprimento dos protocolos específicos de segurança sanitária. 

Ainda de acordo com a publicação do Governo, o plano poderá ser implementado de maneira diferente nas diversas regiões do Estado, levando em conta as peculiaridades, as ocupações de leitos e os dados epidemiológicos locais. 

CRONOGRAMA 

O cronograma para liberação das atividades econômicas no RN será dividido em 4 (quatro) fases subsequentes de 14 (quatorze) dias cada uma delas. Para cada fase de abertura está previsto um bloco de atividades a serem progressivamente liberadas em frações de tempo distintas. 

Os estabelecimentos em funcionamento durante a pandemia deverão: 

I - garantir o distanciamento interno de pelo menos 1,5 m (um metro e meio) entre as pessoas; 

II - impedir a entrada de pessoas dos grupos de risco e infectados pelo novo coronavírus; 

III - impedir o acesso de pessoas sem máscaras de proteção; 

IV - estabelecer horários alternativos para diminuir a possibilidade de aglomeração e a concentração de pessoas; 

V - planejar horários alternados para seus colaboradores; 

VI - manter o teletrabalho para todas as atividades em que for possível essa modalidade, conforme condição de cada empresa; 

VII - implementar medidas de prevenção nos locais de trabalho, destinadas aos trabalhadores, usuários e clientes; 

VIII - realizar ampla campanha de comunicação social da empresa junto aos seus colaboradores, funcionários e clientes.

COMPARTILHE:
Twitter: @Leitura_M

Twitter: @Leitura_M

Tecnologia do Blogger.