Visite a nossa pagina no facebook e confira videos e fotos dos principais momentos da cidade/ Uma em cada 10 pessoas pode ter contraído covid-19, aponta OMS/ Outubro Rosa: Sesap alerta para prevenção do câncer de mama e colo do útero/ TSE quer rebater notícias falsas via redes sociais durante eleições/ Bolsonaro sanciona lei que prevê até 5 anos de prisão para quem maltratar cães e gatos/
Destaques
SEJA NOSSO APOIADOR, CONTRIBUA COM O NOSSO TRABALHO.
recent

Deputada do PT é a única do RN a votar contra ajuda a estados e municípios; Veja mais detalhes

A deputada federal Natália Bonavides (PT) foi a única parlamentar do Rio Grande do Norte a votar contra o projeto aprovado na noite desta terça-feira (5) que prevê ajuda de R$ 125 bilhões para os estados, o Distrito Federal e os municípios em razão da pandemia de Covid-19. Foram 437 votos a 34. A proposta substitui versão aprovada em abril pela Câmara (PLP 149/19).


A deputada federal Natália Bonavides (PT) divulgou uma nota de esclarecimento em relação ao seu voto contrário ao projeto de ajuda financeira a estados e municípios. A parlamentar disse que defendeu a aprovação de outra matéria, que, segundo ela, destinaria ainda mais recursos para o Rio Grande do Norte. Confira a nota abaixo, na íntegra.

Queremos mais e não menos para o RN
Não procede a informação de que a deputada Natália Bonavides (PT/RN) foi contra o socorro do Governo Federal para o estado do RN e para os 167 municípios. Muito pelo contrário, a deputada defendeu um outro texto que garantia mais de 240 milhões de reais a mais para o Rio Grande do Norte.

O texto que acabou de ser aprovado na Câmara (PLP 39/2020) teve dois aspectos extremamente negativos: fez o Rio Grande do Norte perder mais de 240 milhões de reais em recursos para combate ao coronavírus em relação à outra proposta; e trouxe uma série de ataques ao serviço público que pode resultar em seu sucateamento logo quando a população mais precisa.

Com o voto contrário ao PLP 39/2020, a deputada defendeu a votação do texto substitutivo (emenda de plenário n. 31), protocolado pelo PT, que garantia mais de 240 milhões a mais ao Rio Grande do Norte e que não atacava o serviço público com a proibição de novos investimentos e com o congelamento de salários – incluindo, por exemplo, de professores e de coveiros.

A verdade: lutamos para que a Câmara dos Deputados garantisse mais recursos para os estados. Com a proposta aprovada, o RN e seus trabalhadores saíram perdendo.


Confira aqui como foi o voto de cada deputado.

Em nota, a deputada negou ter votado contra socorro aos estados e municípios.
COMPARTILHE:
Twitter: @Leitura_M

Twitter: @Leitura_M

Tecnologia do Blogger.